Quem é o Migs?

Sobre

Amigos, o Migs sou eu!

Não sei como surgiu este diminutivo, mas é certo que se colou a mim há anos. E convém deixar claro, desde já, que o Migs não é o Miguel.

O Miguel é o estudante que ainda nasceu no século passado. O Migs é o viajante que não sabe definir a data em que nasceu. Foi crescendo, de aventura em aventura, pelos quatro cantos do mundo. O Migs é o resultado de aprendizagens culturais dos antípodas aos vizinhos mais próximos. O Migs volta mudado. Deixa uma parte de si lá, onde quer que seja e sempre com alguém. Mas mais importante, o Migs nunca regressa a cem por cento. Ele vê, ouve, cheira, toca e sente. Ele vive o momento. Os lugares. As pessoas.

É nessa viagem que quero embarcar convosco. Quero-vos apresentar pessoas, lugares e momentos, levar-vos comigo onde vocês quiserem ir. O nosso ponto de encontro será sempre aqui, o Migs Travel Tales.

Em 2018, o Migs viveu quatro meses no outro lado do mundo, em Seul, capital da Coreia do Sul, numa época em que as relações dos países da península coreana davam azo à imaginação de um futuro diferente.

O Miguel – já quase que me esquecia… – além de ser um lisboeta de 23 anos, é licenciado em Comunicação Social e gosta de escrever, fotografar, conhecer pessoas e lugares, de jogar ténis, estar com os amigos e é um tagarela de primeira. Quando o assunto é viagens, empresta o passaporte ao Migs.

Por isso, e para que não se esqueçam, assino sempre,

M I G S

Anúncios